sexta-feira, 25 de maio de 2012

Deslembrança - Cat Patrick

Título: Deslembrança
Autor: Cat Patrick
Editora: Intrínseca
Ano de lançamento: 2012
Páginas: 253
    Todos os dias, ao acordar, London Lane não se lembra de nada em seu passado. Para levar uma vida "normal", ela escreve bilhetes para si mesma, relatando fatos importantes que ocorreram naquele dia. Mas, também tem algumas lembranças... só que do futuro. No início, acompanhamos a vida de London na escola, seu relacionamento com Luke, aparentemente como em um livro adolescente. Ao longo da história, a garota tem uma visão assustadora, desencadeando uma série de revelações.
    Deslembrança apresenta um enredo muito bom: ficamos cada vez mais ansiosos para descobrir mais sobre o misterioso passado de London e sua relação com os esquecimentos. Porém, a narrativa ficou um pouco pobre. Acredito que a autora não soube trabalhar mais em cima das ótimas ideias que teve, deixando alguns fatos de forma superficial. O final, ficou um pouco rápido, sem dar ao leitor aquele gostinho de ler algumas cenas felizes. Mesmo assim, o livro não deixa de ser agradável e entusiasmante.
    Ótimo para uma tarde, leve e divertido!

domingo, 20 de maio de 2012

Carolina se apaixona - Federico Moccia

Título: Carolina se apaixona
Autor: Federico Moccia
Editora: Planeta
Ano de lançamento: 2012
Páginas: 400
    Federico Moccia, um autor italiano, mais uma vez nos traz um livro com um tema muito real. Acompanhamos a vida de Carolina, uma garota de quase 14, durante quase um ano. Carol, juntamente com suas melhores amigas, Alis e Clod, vive novas experiências, inicia sua vida social, aprende lições. O principal foco do livro são as descobertas em relação ao amor e as primeiras paixões.
    As referências a bandas e artistas italianos me deixaram um pouco confusa, por não conhecer a cultura local, além de trechos de músicas não traduzidos. Porém, trazem uma proximidade com o leitor, praticamente como se Carol existisse.
    Narrado em primeira pessoa, o enredo se desenvolve em um ritmo lento. Ela nos conta muitas coisas irrelevantes para a história em geral, o que torna o livro um pouco cansativo. Nas últimas 100 páginas, os acontecimentos mais importantes dão vida à história. É praticamente impossível parar de ler, até que, na penúltima página, fiquei surpresa com o final! Mas, o autor nos mostra a realidade, sem fantasiar como nos contos de fadas.

Outros títulos do autor Desculpa se te chamo de amor e
Desculpa, quero me casar contigo, recomendo!