segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Dia dos Professores


     "Milhões de pessoas passam fome na África e em muitos outros lugares do mundo, estudam, muitas vezes, em solo de terra, ao ar livre, sem as mínimas condições, ainda assim, querem aprender, querem estar ali. O valor destas pessoas não está propriamente naquilo que aprendem, porque pouco devem aprender,em termos de conteúdo, o valor dessas pessoas está na garra, na vontade de crescer, em querer ser um ser humano melhor, em querer brigar com todas as dificuldades diárias, sem nunca se sentirem derrotados, e/ou excluídos. Lutam pela própria educação, valorizam seus mestres com sua dedicação. Mostram ao mundo que ser aluno é muito mais do que frequentar uma sala de aula. Ser aluno é ser um construtor da própria história." Ane S. Barros


     Inicio esta postagem com um texto escrito por minha mãe, que, de certa forma, também foi como uma professora para mim. Hoje, 15 de outubro, dia dos professores. Para muitos, é só uma data: mais um motivo para prolongar o feriado. Mas, gostaria de aproveitar o momento para agradecer a todos os professores que passaram por minha vida.
     Agradeço pela força, esperança e empenho daqueles que dedicam suas vidas ao ensino. E, enquanto muitos sonham com a oportunidade de aprender, fico ainda mais grata por ter o privilégio de estudar.
 

sábado, 13 de outubro de 2012

Herança - Christopher Paolini

Título: Herança
Autor: Christopher Paolini
Editora: Rocco
Ano de lançamento: 2012
Páginas: 792
   Terminei de ler Herança há mais de um mês, mas estava sem palavras para escrever a resenha. Li Eragon, Eldest e Brisingr quando eu tinha 13 anos e, desde aquela época, esperava ansiosamente pelo desfecho dessa maravilhosa série.
    Com tantos acontecimentos na história, fiquei com o coração apertado, imaginando como Paolini conseguiria resolver essa situação épica e praticamente impossível. Mas, posso dizer que a espera valeu a pena: Herança apresenta uma profundidade emocional muito maior que nos livros anteriores. Eragon e Saphira amadureceram e agem com muito mais segurança que antes.
    Difícil falar de um livro que me marcou tanto, ainda mais sem revelar partes importantes da história. A única coisa que não gostei em Herança foi o final de Eragon e Arya, mas, talvez seja somente o meu lado romântico falando mais alto.
    A série de Christopher Paolini terá um lugar de honra na minha estante para sempre!

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Matemática divertida e curiosa - Malba Tahan

Título: Matemática divertida
e curiosa
Autor: Malba Tahan
Editora: Record
Ano de lançamento: 2002
Páginas: 160
    Para quem tem aversão ao ouvir somente o nome "Matemática", não rejeite este livro! Como o próprio título informa, Matemática divertida e curiosa contém curiosidades, explicações e histórias matemáticas realmente interessantes e lúdicas. O livro é dividido em capítulos curtos e tem fácil leitura.
     Malba Tahan é o pseudônimo de um professor brasileiro, Júlio César de Mello e Souza, que possui diversos livros publicados. Entre eles, o famoso O Homem que Calculava, um clássico brasileiro já traduzido para o inglês e o espanhol.

Malba Tahan
"A pessoa que examinar com atenção a curiosa figura acima será capaz de jurar que as curvas que nela aparecem são espirais perfeitas. Essa afirmação é errônea. A figura constitui uma notável ilusão de ótica imaginada pelo Dr. Fraser. Todas as curvas do desenho são círculos pefeitos. Um simples compasso trará essa certeza ao espírito do observados" Malba Tahan