quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Tic Tac

Vejo o tempo esvaindo-se em cada minuto que algo deixa de ser. Penso em todas as coisas que poderia ter feito mas perdi o momento, o incentivo, a coragem e agora meu corpo (minha mente?) já não permite. E o tempo? Também parece não dar chance. Sonhar... São tão bons os segundos em que os sonhos parecem possíveis, em que todos os planos parecem fáceis e certos. Mas, ao longo do dia, percebemos que não depende só de nós, descobrimos que o planejado pode não sair como queríamos. Talvez o problema seja a expectativa. Viver sem expectativa pode ser melhor, sem decepções, apenas celebrando as vitórias.
Mesmo com todas as dificuldades, ainda existe algo que nos impulsiona a seguir em frente. Pode parecer que essa "força" não existe em determinadas situações, mas ela sempre está lá, esperando por uma chance para se tornar útil. É só saber encontrá-la, mesmo que pareça tarde demais.